Crítica: Tropa de Elite 2

by

Ele está de volta! Capitão Nascimento, o personagem mais famoso do cinema brasileiro recente, retorna para contar uma história mais cruel e polêmica. Na verdade não é capitão. Em Tropa de Elite 2 (2010), cerca de 15 anos se passaram desde os acontecimentos do primeiro filme e o personagem agora é Tenente-Coronel do BOPE. Na trama do filme, Nascimento precisa enfrentar um perigo muito maior do que no primeiro filme: as milícias. Quando descobre que os verdadeiros inimigos usam terno e gravata, ou seja, os políticos, a situação se complica. Em meio a toda a corrupção, ele precisa lidar com as preocupações do seu filho adolescente, que não nutre muito carinho pelo pai. Poderia detalhar mais o enredo, mas sinceramente, acho que é mais interessante você mesmo conferir no filme. Antes de abordar as temáticas, vale destacar as atuações.

Assim como em “Tropa 1”, a interpretação beira o realismo. André Ramiro volta como Mathias, que ocupa o cargo de Capitão nesse filme. Mais centrado, mais ciente de que agora é policial, sem a ingenuidade de quando entrou para o BOPE. Muito bom. Entrevistei Ramiro em Florianópolis, uma semana antes da estréia do filme. Vi um verdadeiro artista falando. Além de atuar, Ramiro é cantor de rap, e demonstrou que leva a sério a arte, que realmente estuda o que faz, no sentido de pesquisar e saber o que está fazendo. Confira a entrevista com ele no vídeo no final desta crítica. Irandhir Santos traz um tom acinzentado à trama como o ativista de direitos humanos Diogo Fraga. Milhem Cortaz está mais canastrão como o policial Fábio, assim como Sandro Rocha como o Major Rocha. Junta-se a eles o extrovertido André Mattos como Fortunato, um apresentador de um programa sensacionalista que entra para a política. Cada um cumpre muito bem seu papel. Mas o filme é mesmo dele: Wagner Moura. Ele brilha em cena. É perceptível o amadurecimento do personagem entre os dois filmes. Vemos sua decepção em descobrir as reais corrupções no sistema. Note que não é raro ver Nascimento com os ombros mais caídos, como se carregasse o peso do mundo sozinho. Vivendo tudo o que ele vive, você também se sentiria assim.

Vou confessar que saí tenso do cinema. A temática mostra, de forma explícita, a corrupção que toma conta do país. Políticos montando esquemas para se elegerem, policiais cobrando propina para protegerem pessoas, editor de jornal se recusando a publicar matéria contra o governo porque o próprio apóia o jornal… é de dar nojo perceber que tudo isso realmente acontece de verdade. Todos nós sabemos que o país tem esses problemas, mas ver isso com os nossos próprios olhos, mesmo que numa ficção, é bem diferente. É de abrir os olhos. Não há espaço para lamentações. As balas disparadas têm destino certo e se alguém morre no filme, é de forma curta e grossa, sem tempo para frases de efeito. Essa temática da corrupção está muito presente hoje no cinema. Não só no Brasil, mas em produções americanas também. Até em filmes como Batman – O Cavaleiro das Trevas, que mostra o Homem-Morcego enfrentando o crime organizado em Gotham City, e não só dando porrada no Coringa.

Uma coisa é certa: por mais que os corruptos tentem, cedo ou tarde a verdade vem à tona. Meus parabéns ao diretor José Padilha, que se superou.

ENTREVISTA COM ANDRÉ RAMIRO (E OUTROS ATORES)

Tropa de Elite 2 está em cartaz nos cinemas.

Ficha técnica:
Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora É Outro
Brasil, 2010 – 116 min
Ação / Drama
Direção: José Padilha
Roteiro: José Padilha, Bráulio Mantovani
Elenco: Wagner Moura, André Ramiro, Irandhir Santos, Milhem Cortaz, Sandro Rocha, André Mattos.

Anúncios

Tags: , , , ,

Uma resposta to “Crítica: Tropa de Elite 2”

  1. Henrique Says:

    Sensacional o filme, muito boa a atuação do meu sósia Wagner Moura. E aquele gordinho imitando o Hélio Costa é de matar a pau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: